Publicidade

Notícias de saúde

Vitamina E Pode Diminuir Risco de Doenças Cardíacas

NOVA YORK (Reuters Health) - A vitamina E pode ajudar a reduzir altos níveis de proteínas causadoras de inflamação que podem contribuir para doenças cardíacas, de acordo com pesquisadores norte-americanos.

Os cientistas estavam estudando o efeito da vitamina E em pacientes com diabete, pois doenças cardíacas e derrame são complicações conhecidas da diabete do tipo 2. Eles descobriram, no entanto, que tanto diabéticos quanto pessoas saudáveis tiveram benefícios com o uso da vitamina.

Especificamente, a vitamina E afetou os níveis da proteína C-reativa (CRP) e interleucina-6 (IL-6).

Os pesquisadores explicaram que, normalmente, os níveis das duas proteínas no sangue são elevados em pacientes com doenças cardíacas, indicando um risco maior de enfarte.

O uso de suplementos de vitamina E reduziu os níveis de CRP em 30 por cento e de IL-6 em mais 50 por cento nos três grupos, de acordo com um comunicado do Centro Médico Southwestern da Universidade do Texas, em Dallas.

As descobertas foram publicadas na edição de 23 de outubro de Free Radical Biology and Medicine.

No estudo, os cientistas dividiram os participantes em três grupos. Um grupo tinha diabete do tipo 2 (não-dependente de insulina, que afeta principalmente adultos) e doenças cardíacas, o segundo grupo incluía pessoas com somente diabete do tipo 2 e o terceiro grupo consistia em adultos saudáveis.

Amostras de sangue de todos os participantes foram analisadas no início do estudo.

De acordo com os pesquisadores, amostras de sangue adicionais foram obtidas três meses depois do uso de um suplemento de vitamina E natural (1.200 unidades internacionais) e novamente dois meses depois de não consumir suplemento de vitamina E.

"Este estudo demonstra que a vitamina E diminui a CRP significativamente em diabéticos e não-diabéticos. A pesquisa sugere que a vitamina E pode ser uma terapia adicional em nossa busca de reduzir doenças (cardíacas)", disse Sridevi Devaraj, em um comunicado.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: