Publicidade

Notícias de saúde

Farmacêuticos podem ajudar na abordagem de idosos frágeis

13 de junho de 2018 (Bibliomed). À medida que o número de pessoas idosas nos Estados Unidos continua a aumentar, os farmacêuticos e profissionais de saúde precisam reconhecer e abordar os desafios associados à idade, incluindo a fragilidade de seus corpos, de acordo com um artigo publicado na revista Drug Topics.

Observando que faltam exames padronizados e validados para diagnosticar a fragilidade, os profissionais de saúde devem se informar sobre a fragilidade. Usando seu contato frequente com o paciente e acessibilidade, os farmacêuticos comunitários podem identificar, selecionar e encaminhar pacientes sob risco de fragilidade ou que já apresentam a fragilidade.

Atualmente, não há consenso sobre como definir ou rastrear a fragilidade, o que pode incluir dimensões físicas e psicossociais. Os farmacêuticos comunitários podem identificar certos fatores de risco para a fragilidade, incluindo sexo, baixo nível socioeconômico, doenças crônicas, disfunções neuroendócrinas e certos medicamentos e regimes de medicação.

Se os farmacêuticos suspeitarem que um paciente já está frágil ou em risco de se tornar frágil, eles devem identificar os medicamentos dentro dos registros de medicamentos que podem aumentar o risco de fragilidade, aumentar o risco de queda ou aumentar o declínio cognitivo. Uma ligação telefônica para o médico do paciente pode ser necessária em certos casos em que o farmacêutico tem preocupações com a fragilidade, o declínio da saúde e os potenciais riscos à saúde associados.

Os farmacêuticos que rastreiam, identificam e encaminham pacientes em estágios preliminares de fragilidade ajudarão a diminuir os custos com assistência médica, melhorar a qualidade de vida do paciente e aumentar a sobrevida do paciente.

Fonte: Drug Topics, junho de 2018.

Copyright © 2018 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: