Publicidade

Notícias de saúde

Antidepressivos devem ser escolhidos de acordo com perfil do paciente

02 de junho de 2017 (Bibliomed). A obesidade e o sexo são preditores diferenciais de remissão aguda para medicamentos antidepressivos comumente usados, de acordo com um estudo publicado na revista Personalized Medicine in Psychiatry.

Pesquisadores da Califórnioa obtiveram dados de 659 pacientes ambulatoriais (idades entre 18 a 65 anos) que completaram o estudo iSPOT-D prático, aleatorizado e controlado. Os pacientes foram classificados como peso normal, excesso de peso ou obesidade, com base nos critérios da Organização Mundial da Saúde (42, 28 e 31%, respectivamente). Os participantes foram randomizados (divididos de modo aleatório) para oito semanas de escitalopram, sertralina ou venlafaxina de libertação prolongada (venlafaxina-XR). Foi testada a hipótese de que a obesidade e o sexo podem juntos serem preditores diferenciais da remissão aguda de sintomas específicos para as medicamentações antidepressivas comumente usadas.

Os pesquisadores descobriram que o índice de massa corporal (IMC) foi um diferencial preditor de remissão com base no tipo antidepressivo. Em comparação com os pacientes de peso normal, os pacientes com obesidade mórbida apresentaram maior probabilidade de remissão no uso de venlafaxina-XR; o efeito foi impulsionado por um declínio nos sintomas físicos, incluindo distúrbio do sono, ansiedade somática e apetite. Para conseguir a remissão com venlafaxina-XR em participantes obesos III, o número necessário para tratar foi seis. As mulheres, mas não os homens, com IMC mais elevado apresentaram maior probabilidade de remissão, independentemente do tipo de medicação; o efeito correlacionou-se com a mudança nos sintomas cognitivos, incluindo ideação suicida, culpa e alterações psicomotoras.

Estas descobertas sugerem que considerar IMC e sexo, e avaliar sintomas específicos, poderia ajudar a adaptar as escolhas de antidepressivos para melhorar a remissão de depressão em cenários de atendimento por especialistas e por médicos de cuidados primários configurações.

Fonte: Personalized Medicine in Psychiatry. March–April, 2017Volumes 1-2, Pages 65–73

Copyright © 2017 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: