Publicidade

Notícias de saúde

Cafeína melhora o desempenho mental apenas nos dois primeiros dias após a privação do sono

30 de junho de 2016 (Bibliomed). A cafeína não melhora a atenção ou desempenho mental depois de algumas noites de restrição de sono, de acordo com um novo estudo militar dos EUA.

O estudo incluiu 48 voluntários saudáveis ​​cujo sono foi limitado a cinco horas por noite durante cinco noites. Os participantes tomaram tanto 200 miligramas de cafeína ou um placebo inativo, duas vezes por dia. (Um copo médio de café tem 95 miligramas.) Além disso, os voluntários realizaram testes de habilidades mentais a cada hora enquanto acordados.

Durante os primeiros dias, aqueles que tomaram cafeína tiveram melhores resultados no teste do que aqueles que tomaram o placebo. Mas isso não ocorreu nos últimos dias de restrição do sono, os pesquisadores descobriram.

Os resultados, publicados on-line na revista SLEEP, foram apresentados em uma reunião da Associated Professional Sleep Societies, em Denver, Estados Unidos. Estes resultados são importantes, porque a cafeína é um estimulante muito utilizado para contrabalançar o declínio desempenho após períodos de sono restrito, segundo os autores da pesquisa. Foi surpreende que a vantagem de desempenho conferida por duas doses de 200 miligramas diárias de cafeína foi perdida após três noites de restrição de sono.

Fonte: American Academy of Sleep Medicine, news release, June 13, 2016

Copyright © 2016 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: