Publicidade

Notícias de saúde

Falar mais de um idioma reduz o risco de demência

11 de novembro de 2013 (Bibliomed). Pessoas bilíngues estão em menor risco de demência do que aquelas pessoas que falam apenas sua língua mãe. Além disso, entre as pessoas que desenvolvem doenças mentais, as que falam mais de um idioma têm perda de memória mais lenta.

Para chegar a tais conclusões, pesquisadores da Universidade de Edimburgo, no Reino Unido, e do Instituto Nizam de Ciências Médicas, na Índia, examinaram quase 650 pacientes com demência.

Publicado na revista Neurology, o estudo mostrou que pessoas que falavam dois ou mais idiomas apresentaram um início mais tardio da doença de Alzheimer, demência vascular e demência fronto-temporal.

Fatores como sexo, profissão, nível de escolaridade e experiência em outros países que não o natal foram analisados como potenciais influenciadores de demência.

Fonte: UPI, 11 de novembro de 2013

Saiba mais sobre demência em Boa Saúde

Crianças também se beneficiam do bilinguismo. Leia em Bibliomed

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: