É possível aprender dormindo

1 Comentário

Comportamento

Será possível aprender enquanto se dorme? Para pesquisadores da Universidade do Estado do Michigan, nos Estados Unidos, sim. Segundo os cientistas, isso acontece devido a uma nova forma de inconsciente de memória, da qual foram coletados os primeiros sinais.

Publicado no Journal of Experimental Psychology, o estudo analisou mais de 250 pessoas e apontou evidências substanciais de que, durante o sono, o cérebro processa informações sem o conhecimento da pessoa, habilidade que pode contribuir para a memória enquanto se está acordado.

Para os pesquisadores, esta habilidade é uma forma nova e previamente desconhecida de memória, capaz de reforçar o aprendizado sem ação consciente do indivíduo. Contudo, alertam para o fato de que o aprendizado se dá de forma diferente entre as pessoas, sendo que para uns aprender enquanto se dorme é melhor, e para outros se dará durante a vigília.

 

 

1 comment

  1. RAFAEL D'AMICO

    NÃO ACREDITO. Já fiz tratamento psicanalítico para abreviar a ansiedade por 6 meses, duas seções semanais, o médico gravava inúmeras mensagens, e as ia colocando à medida em que nos avaliava. RESULTADO: eu dormia em todas as seções. E não me lembrava de nada quando acordava.
    RESUMO DA ÓPERA ………não deu em nada, nadinha é lero-lero.

    OUTRA – ESVEVE A VENDA UM CURSO DE INGLÊS: APRENDA INGLÊS ENQUANTO ” DORME ” – CUSTAVA UMA GRANA PRETA.
    COMPREI: COLOCAVA OS DISQUINHOS NÃO TINHA NEM FITA CASSETTE NA ÉPOCA (TENHO 64 ANOS) , E DEPOIS DE UM DETERMINADO TEMPO TINHA UM TIMER QUE LIGAVA E RELIGAVA O GERINGONÇA.

    RESUMO DA ÓPERA : NÃO SEI NADA DE INGLEIS E NEM DE PORTUGUESIS, NIVER, AND NIVER.

    TUDO BALELA – É A PIADA PRONTA DO DIA.
    É ASSIM QUE OS VIGARISTAS VIVEM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>