Publicidade

Artigos de saúde

O sono na Criança maior

© Equipe Editorial Bibliomed

Neste Artigo:

- Idade Predominante
- Sinais e Sintomas
- Existem outros tipos de Transtornos fisiológicos do sono?
- Causas mais freqüentes:
- Tratamento Abordagem
- Prevenção

Os disturbios do sono na criança maior podem se apresentar como distúrbio isolado ou combinado a outras manifestações, fisiológicas ou comportamentais, como sintomas de um transtorno emocional. Podem afetar a criança e a família, originando dificuldades no funcionamento familiar.

Idade Predominante

Até os 3 anos são mais freqüentes as irregularidades ou alterações nos hábitos de sono. Quando começa na primeira infância, até a idade escolar, as parassonias ou transtornos fisiológicos do sono são mais comuns. Na época da adolescência a insônia e a hipersonia já começam a ser identificadas.

Sinais e Sintomas

Transtornos com irregularidades e alterações nos hábitos de sono ocorrem em menores de 2 anos. A criança acorda várias vezes à noite, pode chorar e voltar a dormir; em algumas ocasiões, quer dormir com os pais ou solicita sua presença no quarto, prejudicando o funcionamento familiar.

Existem outros tipos de Transtornos fisiológicos do sono?

Sim. Os principais distúrbios do sono, na infância, são divididos em 2 modalidades, as dissonias e as parassonias.

Dissonias: relacionadas com a qualidade, quantidade e período de sono. Dividem-se em:

  • Dificuldade em iniciar e manter o sono: insônia (pelo menos, 3 vezes na semana) e fadiga diurna. Pode estar associada a eventos específicos e estressantes, não persistindo por mais de 3 semanas; ou persistente, em crianças tensas, rígidas, obsessivas e com queixas somáticas;
  • Distúrbio de sonolência excessiva: Hipersonia e sonolência durante o dia. Associam-se, geralmente a desatenção, preguiça e lentidão na aprendizagem. Na narcolepsia, os sintomas são catalepsia, paralisia muscular e alucinações. A apnéia é condição potencialmente letal, caracterizada por sonolência excessiva de dia e roncos, com períodos de cessação da respiração durante o sono. É comum a apnéia do sono associar-se a hipertrofia de amígdalas e adenóides, com obstrução quase total da entrada de ar.

Parassonias: disfunções associadas com o sono. Geralmente, não são sinais de patologia física ou psicológica. Incluem:

  • sonambulismo: criança senta na cama e pratica ações repetidas com verbalizações muitas vezes não-compreensíveis. Em outros momentos, caminha, geralmente voltando após, para sua cama. Dura 10 a 15 segundos (raramente, até 30 minutos). Os pais costumam preocupar-se, pois as crianças não têm expressão facial, parecem confusas quando acordam e não respondem ao contato;
  • terror noturno (é assustador para os pais): criança acorda agitada, gritando e chorando inconsolável; quando o episódio termina, volta a dormir, não lembrando o que ocorreu. Há aumento da freqüência cardíaca e respiratória, sudorese e midríase. Difere do pesadelo, que ocorre geralmente pela manhã, está associado ao sono REM, e no qual a criança acorda os pais no fim do episódio, consegue ser consolada por eles e descreve o conteúdo do sonho.

Causas mais freqüentes:

  • Após fase de enfermidades.
  • Fatores farmacológicos como corticosteróides, broncodilatadores, anfetaminas, álcool e outras drogas.
  • Estados depressivos, ansiosos e transtorno de estresse pós-traumático.

Tratamento Abordagem

Orientação pediátrica inicial. Encaminhamento a especialista (neurologista, psiquiatra ou psicólogo) se ocorrer transtorno grave e refratário às medidas gerais.

Prevenção

Deve-se orientar os pais para que a criança deixe de compartilhar o quarto dos mesmos o mais cedo possível (preferencialmente aos 4 meses). Estabelecimento de rotinas que incluam atividades silenciosas e sem agitação antes de dormir, assim como evitar a ida ao quarto da criança após qualquer choro. (ver também Medidas gerais para um melhor sono na infância)

Copyright © 2007 Bibliomed,Inc.                                        21 de Maio de 2007



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: