Publicidade

Artigos de saúde

O que é a Homeopatia

Neste Artigo:

Entrevista realizada com o Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro, Presidente da Associação Médica Homeopática Brasileira

Dr. Mário, como começou a Homeopatia?

A história da Homeopatia começou em 1790, quando o médico alemão, Samuel Hahnemann, estando descontente com os tratamentos da medicina de sua época, havia desistido de exercer a medicina e se dedicava ao estudo e tradução de obras científicas. Lendo um tratado médico escrito por Willian Cullen (1712 – 1790), não concordou com sua explicação em relação ao efeito benéfico da "quina" para os que padeciam de febre intermitente, que devia-se ao fato desta substância ser um tônico para o estômago.

Resolveu experimentar a quina em si e sentiu os sintomas como se estivesse sofrendo um ataque de febre intermitente. Ou seja, na verdade, o que estava sendo indicado como um tônico para o estomago, produzia sintomas como os de uma febre intermitente.

Esta experimentação da China por Hahnemann, permitiu-lhe reformular o antigo princípio da similitude, citado por Hipócrates, séculos antes de Cristo, "o semelhante com o semelhante se trata". Assim, 1790 é considerado o ano do nascimento da Matéria Médica Homeopática.

Com este fato, instituiu-se a experimentação, como a base científica da Homeopatia. Assim, ela persistiu e somente nos tempos atuais a física começa a ter condições de tentar explicar os fenômenos em que se assenta.

Em resumo, a Homeopatia baseia-se na escolha do correto medicamento para o tratamento do paciente, medicamento este que foi anteriormente testado em homens sãos, e que neles produzia sintomas semelhantes aos que apresenta o paciente em questão.

Porquê as doses mínimas?

Hahnemann percebeu que diluindo a medicação e agitando esta solução mantinha o poder do medicamento de curar o doente e diminuía, com este procedimento, a agravação devida ao efeito primário da substância. Seguiu diluindo muitas vezes, e o mesmo acontecia: por isto o homeopata prescreve medicamentos ultra-diluidos. Este fato torna difícil a compreensão da Homeopatia por aqueles que ainda estão ancorados rigidamente nos conhecimentos científicos da física newtoniana e ainda não compreendem os avanços para a explicação destes fatos propiciados pela física quântica.

Porque o dito " a Homeopatia trata do doente e não da doença"?

Porque Hahnemann percebeu que os sintomas que obtinha, na experimentação do medicamento, iam além dos sintomas das doenças, eram sintomas do doente, com modalidades próprias e individuais. Percebeu que também os doentes apresentavam, em sua forma de sofrer, modalidades características peculiares, que não eram próprias de uma doença, mas sim próprias do individuo.

Então o médico homeopata não dá importância ao diagnóstico clínico do paciente?

Claro que é importante este diagnóstico. O homeopata precisa dele para avaliar a evolução do paciente. Porém não é este diagnóstico que indicará o medicamento apropriado. Serão os sintomas que caracterizam, que dão a modalidade própria de sofrer do paciente, que o distingue de vários outros que tenham a mesma doença, que denotam a sua peculiaridade, que se repetem, independente desta ou daquela doença que apresente no momento. Por isso o tempo de uma consulta homeopática geralmente é grande. Devemos escutar o paciente dizendo de suas particularidades ao longo de sua história de vida e de suas doenças, até percebermos alguns dos sintomas que se repetem, modalizando assim seu modo próprio de adoecer. Aí então é que vamos procurar um medicamento que, em sua experimentação no homem são, foi capaz de produzir as mesmas modalidades de nosso paciente. Assim, propiciamos ao paciente um processo (caminho) de cura, pelo medicamento semelhante.

Esta foi uma abordagem sucinta da Homeopatia, que poderá ser aprofundada em outra oportunidade.

Para outros esclarecimentos mande sua dúvida para o Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro, através do e-mail: mribeiro@pib.com.br

Copyright © 2006 Bibliomed, Inc.             31 de Agosto de 2006.



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: