Publicidade

Artigos de saúde

Dores de Cabeça: Enxaqueca

Neste artigo:

-
Definição
- Como diagnosticar
- Tratamento

"A dor é uma sensação subjetiva e complexa que sempre deve ser avaliada com muito critério, sendo considerada como um sinal de alarme avisando que algo está agredindo o organismo. É o sintoma que mais freqüentemente leva uma pessoa a procurar assistência médica."

Definição

A dor de cabeça ou cefaléia é um tipo de dor muito freqüente que pode estar relacionada desde a um simples quadro gripal até a um tumor cerebral, passando por intoxicações alimentares como ocorre no excesso de ingestão de álcool. Na grande maioria das vezes, entretanto, as dores de cabeça são devidas à tensão muscular e estão relacionadas a estados psicológicos como a ansiedade, a angustia e o "stress"

Pode surgir subitamente e em geral é acompanhada de outros sintomas como vômitos, suor frio, palpitações ou pressão alta. Pode também ser crônica, existente há meses ou anos, e produzir desânimo, perda de apetite, alterações de sono e de humor.

A enxaqueca é uma dor de cabeça sofisticada que se deve à dilatação de determinadas artérias cerebrais. Ocorre em crises de dor tipo latejante, em geral em uma metade da cabeça (daí também ser conhecida como hemicrania) acompanhada por vômitos, fotofobia, mudanças de humor e formigamentos. Pode ser precedida por um sinal indicativo do início da crise, como o aparecimento súbito de pontos luminosos na visão ou iniciar-se sem qualquer aviso. A enxaqueca pode estar relacionada com o ciclo menstrual, determinados alimentos, álcool, certos perfumes, "stress", etc. A enxaqueca é mais comum entre mulheres e em geral se inicia na juventude com tendência a desaparecer após os 50 anos de idade. A identificação da causa que leva à crise (fator desencadeante) é fundamental para o tratamento. Sua causa mais comum é a tensão nervosa ou "stress"

Toda cefaléia deve ser bem investigada. Apesar da baixa incidência de causas orgânicas o estudo médico deve ser sempre completo. Nas doenças neurológicas como o tumor cerebral ou a meningite a cefaléia se deve ao aumento da pressão dentro da cabeça produzindo dor contínua com piora ao se realizar esforços e também ao deitar-se. Na sinusite a dor é em peso e em geral na fronte. A pressão alta é uma causa importante de dor de cabeça que em geral é matinal. Nos problemas de acuidade visual a dor em geral é acompanhada de ardor nos olhos e lacrimejamento. Alguns medicamentos, com destaque para aqueles utilizados no controle da angina de peito, podem levar a dores intensas.

O estado depressivo caracteriza uma situação que com freqüência leva à dor crônica. Infecções dentárias, inflamações do ouvido e problemas com a articulação têmporo-mandibular são situações que podem levar a dor na face e na cabeça. A nevralgia do trigêmeo é uma dor muito rara e muito característica que atinge a face provocando dores muito fortes semelhantes a choques elétricos.

Como diagnosticar

Na maioria das vezes a avaliação clínica bem feita com a correta caracterização da dor faz o diagnóstico sem qualquer tipo de exame secundário, principalmente nas situações em que a dor é crônica. A dor de cabeça de aparecimento recente deve ser sempre muito bem investigada.

A Radiografia Simples do Crânio muitas vezes pode dar rapidamente o diagnóstico, como nos caso de uma sinusite. A Tomografia Cerebral ou a Ressonância Nuclear Magnética são os exames básicos para o estudo do cérebro. O exame do Liquor deve ser sempre realizado quando se suspeita de uma infecção tipo meningite.

Tratamento

Seu tratamento utiliza remédios analgésicos e antiinflamatórios. Na enxaqueca os medicamentos em geral contém substâncias que previnem o vômito associadas a vasoconstritores. As pessoas que tem crise de enxaqueca precedida de um aviso devem tomar a medicação se possível antes de se iniciar a dor.

Nas situações de ansiedade e "stress" medidas relaxantes como caminhadas, atividades esportivas, natação e massagens podem ser úteis. Quando há indicação deve-se recorrer à psicoterapia. A acupuntura realizada por pessoa habilitada pode trazer excelentes resultados no tratamento de dores de causa tensional.

Evidentemente o sucesso no tratamento é decorrente da descoberta da causa precisa que está levando à dor.

Copyright © 2004 Bibliomed, Inc.                  12 de Agosto de 2004



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: