Notícias de saúde

Anticorpos COVID-19 diminuem rapidamente no plasma doado

29 de outubro de 2020 (Bibliomed). O tratamento com plasma convalescente tem sido usado em casos de COVID-19. Nele, o plasma de pacientes recuperados é administrado a pacientes recentemente enfermos na tentativa de aumentar sua capacidade de combater o vírus. Contudo, novo estudo realizado no Héma-Quebec Blood Center, nos Canadá, mostrou que os anticorpos contra COVID-19 em pessoas que se recuperaram da doença começam a desaparecer cerca de três meses após desenvolverem os sintomas. Isso sugere que pacientes recuperados que desejam doar plasma sanguíneo para ajudar aqueles que ainda estão na luta contra o COVID-19, devem fazê-lo rapidamente.

O estudo incluiu 15 adultos que se recuperaram do COVID-19. Seus sintomas variaram de leves a graves, mas nenhum foi hospitalizado. Cada pessoa doou plasma entre quatro e nove vezes. A primeira doação foi de 33 a 77 dias após o início dos sintomas, e a última doação foi feita entre 66 e 114 dias. Em cerca de 88 dias, todos os 15 doadores tiveram reduções nos anticorpos, e metade dos anticorpos detectáveis ??caiu em 21 dias depois disso.

Segundo os pesquisadores, os anticorpos desaparecem rapidamente, então as pessoas em recuperação de COVID-19 que desejam doar plasma sanguíneo não devem esperar muito tempo depois de se tornarem elegíveis para doar. Eles ressaltam que, com base nessas descobertas, os médicos devem verificar a presença de anticorpos antes de fazer a transfusão de plasma, para que o tratamento seja eficaz.

Fonte: Blood. DOI: 10.1182/blood.2020008367.

Copyright © 2020 Bibliomed, Inc.

Copyright © 2020 Bibliomed, Inc.

Veja também

Faça o seu comentário
Comentários