Notícias de saúde

Quais as máscaras mais eficazes para conter o novo coronavírus?

28 de agosto de 2020 (Bibliomed). Quando se trata de máscaras faciais, nem todas são igualmente eficazes, concluiu um novo estudo da Duke University, nos Estados Unidos. Os pesquisadores desenvolveram uma forma de testar vários tipos de máscaras para ver qual era mais eficiente em impedir que as gotas saíssem da boca das pessoas, evitando a disseminação do novo coronavírus.

Os pesquisadores contavam com um aparato improvisado composto por uma caixa, um laser, uma lente e uma câmera de celular. Eles explicam que quando uma pessoa fala, pequenas gotículas de saliva são expelidas, de modo que a doença pode ser transmitida pela fala, sem tossir ou espirrar. Além disso, eles ressaltam que algumas coberturas faciais tiveram desempenho muito melhor do que outras no bloqueio de partículas expelidas.

Mas, quais máscaras funcionam melhor? De acordo com os resultados, seriam máscaras N95 sem válvulas, seguidas de máscaras cirúrgicas ou de polipropileno. Máscaras de algodão feitas à mão também impedem muitas gotas da fala normal, disseram os pesquisadores. Mas bandanas e lã de pescoço como balaclavas não bloqueavam muito o spray de saliva.

Os pesquisadores ressaltam que esta foi apenas uma demonstração, e que mais pesquisas são necessárias para investigar as variações nas máscaras e em como as pessoas a usam.

Fonte: Science Advances. DOI: 10.1126/sciadv.abd3083.

Copyright © 2020 Bibliomed, Inc.

Copyright © 2020 Bibliomed, Inc.

Veja também

Faça o seu comentário
Comentários