Notícias de saúde

Máscaras são seguras para pessoas com doenças pulmonares

21 de agosto de 2020 (Bibliomed). Pessoas com doenças pulmonares crônicas podem temer usar máscaras faciais. Contudo, quatro grupos médicos importantes afirmam que essa é uma preocupação desnecessária e que as máscaras devem ser usadas sempre que possível.

O American College of Chest Physicians, o American Lung Association, o American Thoracic Society e o COPD Foundation afirmaram que pessoas com e sem doenças pulmonares crônicas devem ser capazes de usar máscaras facial não-N95 sem afetar seus níveis de oxigênio ou dióxido de carbono.

Os grupos reconheceram que algumas pessoas com doenças pulmonares podem não tolerar a respiração com máscara e buscarão a dispensa da máscara com seu médico. No entanto, as preocupações do indivíduo devem ser comparadas às necessidades da sociedade para mitigar a disseminação do vírus. Em alguns casos, a garantia do médico em relação à segurança das coberturas faciais pode ser tudo o que é necessário, em outros, a pessoa deve tentar uma variedade de tipos de máscaras até encontrar a que melhor se adapte às suas necessidades.

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA recomendam máscaras faciais para conter a disseminação do coronavírus, e muitos estados, cidades e varejistas nacionais emitiram mandados de máscara nas últimas semanas, conforme os casos de coronavírus aumentam em todo o país.

Os grupos médicos observaram que as máscaras N95 justas são reservadas para profissionais de saúde em ambientes de alto risco e, para garantir que haja o suficiente para trabalhadores de linha de frente, o público em geral não deve usá-las, com exceção de alguns pacientes imunocomprometidos quando o uso é recomendado pelo médico. Mesmo para esses pacientes, o distanciamento físico deve ser o principal método de proteção.

Fonte: United Press International. August 17, 2020.

Copyright © 2020 Bibliomed, Inc.

Copyright © 2020 Bibliomed, Inc.

Veja também

Faça o seu comentário
Comentários