Notícias de saúde

Adolescentes obesos têm maior risco cardiovascular

15 de janeiro de 2013 (Bibliomed). Pesquisa realizada na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP/USP) mostrou que adolescentes obesos apresentam maior atividade da enzima Lp-PLA2 do que aqueles com peso normal. Isso indica que os jovens acima do peso estão em maior risco cardiovascular do que os demais da mesma idade.

Realizado pela nutricionista Isis Tande da Silva, o estudo apontou, ainda, que os adolescentes obesos possuem menores concentrações de vitamina A (beta-caroteno) e vitamina E (alfa-tocoferol). De acordo com a pesquisadora, essas descobertas sugerem que novas estratégias de orientação alimentares devem ser pensadas para o público jovem.

Isis explica que a ação da Lp-PLA2 ainda não é totalmente conhecida, mas estudos indicam que maiores concentração e atividade dessa em eventos cardiovasculares, como infartos.

O estudo envolveu 242 adolescentes com idades entre dez e 19 anos que foram divididos em três grupos: saudáveis, com sobrepeso e obesos. Foram realizados exames de sangue e medidas antropométricas (peso, altura, circunferência da cintura, percentual de gordura corporal). Os participantes tiveram, ainda, que anotar tudo o que comeram em três dias não consecutivos.

As amostras de sangue foram usadas para medir a atividade da Lp-PLA2 no plasma e verificar os índices de colesterol, insulina, glicose e antioxidantes plasmáticos. Os resultados mostraram que a atividade enzimática era maior nos participantes obesos do que nos demais. Além disso, esse grupo apresentou maiores níveis de insulina e taxas de diabetes, e menores concentrações de colesterol HDL, que é importante na proteção do coração.

Segundo Isis, é fundamental implantar políticas públicas que direcionem os adolescentes para uma alimentação saudável, tanto dentro de escolas como nos rótulos dos produtos e na publicidade de alimentos.

Fonte: Agência USP, 11 de janeiro de 2013

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.

Veja também

Faça o seu comentário
Comentários