Publicidade

Notícias de saúde

Pessoas ruivas são mais propensas a sofrer de melanoma

12 de novembro de 2012 (Bibliomed). Pessoas ruivas correm mais risco de sofrer com melanoma, o tipo mais mortal de câncer de pele, do que as demais pessoas. Contudo, ao contrário do que se pensava, não é a pele clara e com sardas que a culpada por esse risco aumentado, mas sim fatores genéticos do pigmento da pele.

De acordo com pesquisadores, o tipo de pele sozinho não pode explicar o aumento no risco de melanoma entre as pessoas ruivas, porque áreas de pele não expostas diretamente ao sol também estão apresentando risco aumentado para a doença.

Pesquisadores do Massachusetts General Hospital, nos Estados Unidos, explicam que a pele humana contém tipos diferentes do pigmento melanina, sendo a feomelanina (pigmento vermelho claro/loiro) o mais encontrado em pessoas ruivas.

Em testes realizados com ratos, os pesquisadores isolaram o pigmento vermelho e descobriram que quando esse era retirado, o risco de melanoma diminuía significativamente.

Os pesquisadores dizem que o risco de melanoma em ruivos pode ser causado por "danos oxidativos" a partir de moléculas chamadas espécies reativas de oxigênio (ROS), que danificam as células de DNA. Os investigadores encontraram níveis mais elevados de danos no DNA causados ​​por ROS na pele de ratos ruivos do que nos demais.

Os especialistas recomendam que as pessoas ruivas utilizem protetor solar todos os dias, e evitem o sol. Além disso, devem ser mais vigilantes em relação a mudanças em sua pele e procurar um dermatologista com frequência.

Fonte: CBS News, 02 de novembro de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: