Publicidade

Notícias de saúde

Grã-Bretanha Anuncia Redução de Doença da Vaca Louca

LONDRES (Reuters) - Um novo relatório sobre a doença da vaca louca mostrou que a epidemia está em declínio, informou o Ministério da Agricultura da Grã-Bretanha na segunda-feira, um dia depois de funcionários do governo terem ignorado o anúncio de oito possíveis novos casos.

O último relatório do ministério sobre o progresso da encefalopatia bovina espongiforme (BSE), foi publicado na íntegra no website http://www.maff.gov.uk, informando que 62,6 por cento do rebanho de gado adulto com cria nunca foi atingido pela BSE, incluindo 84 por cento do rebanho que estava amamentando.

Os rebanhos com mais de quatro casos de BSE contribuíram com 74,6 por cento de todos os casos da doença, mas representaram apenas 11,9 por cento de todos os rebanhos.

"O mais recente Relatório sobre a Progressão da BSE publicado hoje (segunda-feira) mostra que a epidemia de BSE na Grã-Bretanha continua em declínio de acordo com as previsões", informou uma declaração do governo.

Inicialmente, o ministro desacreditou a informação publicada pelo jornal Sunday Times de oito possíveis novos casos da doença em vacas nascidas desde a introdução das medidas em 1996 para prevenir qualquer novo caso.

O jornal informou que os casos poderiam ser resultado de uma falha na proibição do uso de sangue de vaca na alimentação do gado.

Conforme o ministro, apenas um novo caso foi confirmado desde que as medidas foram tomadas para prevenir a disseminação da doença. Também afirmou que os fazendeiros não usam sangue de vaca na alimentação.

O animal, cujo caso de doença foi confirmado, nasceu em agosto de 1996, vários meses depois da regulamentação que proibiu fabricantes de alimentos de usar carne de vaca e osso -- reconhecidos como transmissores de BSE -- na alimentação do gado.

O primeiro surto da doença da vaca louca ocorreu na Grã-Bretanha em 1986 e seu auge foi em 1992. Quatro anos mais tarde, os cientistas identificaram a nova variante da CJD (vCJD), a forma humana da BSE, e sugeriram que a doença poderia ser contraída ao comer carne contaminada.

Cerca de 70 pessoas morreram na Grã-Bretanha com a vCJD, que destrói o cérebro. Não se sabe qual é o período de incubação da enfermidade e os cientistas dizem que é muito cedo para estimar quantas pessoas eventualmente vão morrer em consequência da doença.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: