Publicidade

Notícias de saúde

Escolas não estão preparadas para tratar a violência no namoro entre adolescentes

03 de setembro de 2012 (Bibliomed). A violência entre adolescentes durante o namoro é um problema constante e uma questão de saúde pública que atinge de 9% a 34% dos jovens norte-americanos. Contudo, segundo pesquisadores da Universidade de Toledo e da Universidade Ball State, ambas nos Estados Unidos, as escolas não estão preparadas para tratar os casos.

O estudo envolveu 550 conselheiros do ensino médio que eram membros da Associação Americana de Conselheiros Escolares. Desses, mais de 81% relataram não ter um protocolo em suas escolas que aborde um incidente de violência no namoro entre adolescentes, e 90% afirmam não terem recebido, nos últimos dois anos, orientações sobre como tratar relatos de violência entre namorados.

Além disso, o estudo mostrou que 83% dos conselheiros escolares afirmam que suas escolas não realizam pesquisas periódicas com seus alunos para identificar problemas como abusos e violência no namoro, e 76% relatou que a instituição de ensino na qual trabalha não tem um comitê que se reúna periodicamente para tratar questões de saúde e de segurança que incluam a violência no namoro adolescente.

Os resultados do estudo foram publicados na revista Pediatrics.

Fonte: UPI, 29 de agosto de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: