Publicidade

Notícias de saúde

Meninas com déficit de atenção podem provocar lesões em si mesmas

20 de agosto de 2012 (Bibliomed). As meninas que crescem com déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) podem internalizar sentimentos de fracasso e manifestar esse sentimento causando lesões em si mesmas.

Segundo pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, as meninas com TDAH, bem como suas famílias,ficam ansiosas pela diminuição dos sintomas mais visíveis do transtorno. Contudo, quando essas mulheres entram na fase adulta, são mais propensas a interiorizar sentimentos de fracasso, podendo desenvolver comportamentos de automutilação e, em casos mais graves tentativa de suicídio.

O estudo iniciou-se em 1997 com meninas com idades entre seis e 12 anos diagnosticadas com TDAH. Essas pertenciam a classes econômicas e grupos raciais diferentes. Após detectar os sintomas dos dois principais tipos de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade – apenas déficit de atenção, e déficit de atenção combinado com hiperatividade e impulsividade – os pesquisadores identificaram em mais da metade dos membros comportamentos auto-agressivos e, em cerca de um quinto das pacientes, tentativas de suicídio.

De acordo com os pesquisadores, assim como os rapazes, as moças têm problemas no desempenho acadêmico e em relacionamentos, e precisam de acompanhamento especializado quando entram na idade adulta. O estudo, publicado no Journal of Consulting and Clinical Psychology, indica que os danos causados pela TDAH podem ser maiores em mulheres do que em homens.

Fonte: UPI, 15 de agosto de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: