Publicidade

Notícias de saúde

Sexo seguro pode ser divertido

15 de maio de 2012 (Bibliomed). Apesar dos diversos motivos que encorajam a prática do sexo seguro (como a prevenção contra doenças sexualmente transmissíveis e da gravidez indesejada) muitas pessoas ainda vêem o uso da camisinha como um incômodo.

Porém, uma nova pesquisa americana mostra que o sexo seguro pode ser divertido e prazeroso, assim como quando a camisinha não é usada. Os resultados do estudo mostram que o conforto do parceiro durante a relação sexual é um fator importante para a obtenção do prazer, e o preservativo está relacionado a isso. De acordo com a pesquisa, mulheres podem se sentir menos confortáveis se a camisinha não for usada, e isso reflete também no prazer sentido pelo homem.

“A mensagem principal é que o sexo seguro pode ser prazeroso”, explica o pesquisador Devon Hensel, na Universidade Indiana, nos Estados Unidos. “A idéia de que o uso da camisinha de alguma forma diminui a diversão que você tem ao fazer sexo está completamente equivocada. Tem um estereótipo antigo de que as camisinhas são um incômodo, a coisa que nós temos que fazer porque somos responsáveis, ao contrário do que a coisa que nós queremos fazer porque dará mais prazer”, completa Hensel.

A conclusão dos pesquisadores pode ajudar educadores a incentivarem o uso da camisinha ao ensinarem as práticas do sexo seguro. Ela incentiva também que médicos conversem com seus pacientes sobre o preservativo e o conforto no ato sexual, ajudando-os a obterem soluções para problemas que possam estar enfrentando.

A pesquisa foi publicada na edição de maio do periódico Journal of Sexual Medicine.

Fonte: Live Science, 14 de maio de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: