Publicidade

Notícias de saúde

Mulheres escolhem engravidar sem terem maridos

02 de dezembro de 2011 (Bibliomed). Está se tornando cada vez mais comum que mulheres escolham ter filhos sem estarem casadas ou em relacionamentos amorosos, não querendo abrir mão do sonho de serem mães por não terem um parceiro. Uma nova pesquisa realizada nos Estados Unidos e na Inglaterra avaliou avaliou esse processo e o perfil dessas mulheres.

De acordo com o estudo, nos EUA essas mulheres tendem a serem heterossexuais, brancas, com alto nível de educação, financeiramente bem estabelecidas e com mais de 35 anos de idade.

A forma de engravidar varia. Três-quartos das americanas prefere usar esperma de doadores não anônimos, que permitem que a criança possa procurá-los quando se tornarem maiores de idade, mas outras mulheres preferem utilizar o esperma de alguém conhecido. Existe também a possibilidade de que essas mulheres procurem agências de adoção.

Alguns problemas que as chamadas “mães por escolha” podem enfrentar têm a ver com a forma como a sociedade vê a maternidade sem um pai. Devido a opiniões religiosas e noções tradicionais de como famílias devem ser construídas, as mães podem sofrer discriminação. Em países como a Inglaterra, onde o governo oferece maior apoio aos cidadãos (como bom acesso à saúde e licença maternidade), essas mulheres podem ser acusadas de engravidarem apenas para terem acesso a esses benefícios.

A pesquisadora Linda Layne está desenvolvendo sua pesquisa no Rensselaer Polytechnic Institute and currently at Cambridge Center for Family Research

Fonte: UPI 1 de dezembro de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: