Publicidade

Notícias de saúde

Homens pensam mais em sexo, sono e comida do que mulheres

30 de novembro de 2011 (Bibliomed). O senso comum diz que homens pensam muito mais em sexo do que mulheres, mas de acordo com um novo estudo, essa afirmação pode ser um mito. Pesquisadores apontam que a diferença entre a quantidade de pensamentos sobre sexo em homens e mulheres não é tão grande. Outra descoberta da pesquisa afirma também que homens pensam mais em comida e em dormir, do que o sexo oposto.

Participaram do estudo 163 universitárias e 120 universitários entre 18 e 25 anos, que receberam aleatoriamente a tarefa de registrarem a frequência de pensamentos sobre comida, sono e sexo.

Os registros foram feitos através de um aparelho. A cada pensamento, os estudantes deviam pressionar um botão. Para pessoas registrando pensamentos sexuais, por exemplo, eles deviam pressionar o botão sempre que pensassem sobre o tema, incluindo atividades sexuais de qualquer tipo,  fantasias e imagens eróticas, memórias sexuais ou estímulos.

Os resultados encontrados pela pesquisadora Terry Fisher, da Universidade Mansfield (EUA), desmentiram dados antigos que determinavam que homens tenham um pensamento relacionado a sexo a cada 7 segundos, o que ao todo significaria 8.000 pensamentos sobre o assunto em 16 horas. De acordo com o estudo de Fisher, o número de pensamentos sexuais diários para homens é, em média, 19, e para mulheres, 10.

Os números encontrados por esse estudo podem ser tão diferentes dos encontrados previamente porque neste caso houve uma marcação ativa dos pensamentos, enquanto em outras pesquisas esses números foram determinados por estimativas retrospectivas em questionários.

A pesquisa será publicada no periódico Journal of Sex Research.

Fonte: UPI 29 de novembro de 2011



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: