Publicidade

Notícias de saúde

Superfícies de cobre reduzem infecções

19 de julho de 2011 (Bibliomed).  Usar superfícies de cobre em salas de unidades de terapia intensiva (UTI) pode reduzir em até 97% a quantidade de bactérias que causam infecções hospitalares, dizem pesquisadores norte-americanos.

O estudo envolveu três hospitais que substituíram alguns itens de metal como grades da cama, mesinhas que ficam no quarto e botões para chamada dos enfermeiros, por outros feitos de cobre. Segundo Dr. Schmidt, da Universidade Médica da Carolina do Sul, "os objetos de cobre utilizados no ensaio clínico reduziram os níveis microbianos e completaram protocolos de limpeza”.

Ainda de acordo com o médico, as bactérias presentes nas superfícies de objetos das salas de UTI são, provavelmente, responsáveis por 35% a 80% das infecções em pacientes, e matam cerca de cem mil pessoas, custando algo em torno de 45 bilhões de dólares por ano nos Estados Unidos, o que mostra a necessidade de manter os hospitais extremamente limpos.

Os resultados foram apresentados na Primeira Conferência da Organização Mundial de Saúde Internacional sobre Controle de Prevenção e Infecção em Genebra.

Fonte: UPI, 15 de julho de 2011 .

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: