Publicidade

Notícias de saúde

Sedentarismo pode causar dores nas costas

09 de maio de 2011 (Bibliomed). Dores nas costas – ou lombalgia - é um problema frequente em idosos, mas a condição tem se tornado cada vez mais comum entre jovens, e isso pode ser devido ao estilo de vida sedentário que muitos deles levam. Somente no Brasil, 80% da população sofre de lombalgia.

Além do sedentarismo, outros fatores que podem levar a pessoa a desenvolver a lombalgia são a obesidade, a má postura e a genética. A Dra. Simone Gianella Valduga, radiologista da área de ressonância músculo-magnética, explica que “o idoso sente dores nas costas, mais por um processo degenerativo, no entanto os jovens estão sentindo essas dores também. A sobrecarga na coluna e o desalinhamento em função da má postura - e de muitas horas no computador - além da falta de exercícios são os principais motivos para essas dores aparecerem cada vez mais cedo”.

O sedentarismo em si é um fator de risco para doenças graves, mas no caso da lombalgia, a falta do exercício físico pode complicar bastante a doença, aumentando dores musculares e danificando articulações - a falta de uso destas pode atrofiá-las.

O tratamento da doença é simples, e o cuidado médico apropriado pode fazer com que a pessoa evite o uso de medicamentos. O diagnóstico é rápido, feito através de raio-x, ressonância magnética ou tomografia computadorizada. O tratamento pode ser feito através de fisioterapia ou até mesmo de forma alternativa, com natação, acupuntura ou pilates. Caso não ocorra melhora, a cirurgia pode ser indicada.

Quem quer evitar as dores (e também outras doenças) deve conversar com um profissional sobre as melhores opções de exercício e transformar atividades físicas em rotina.

Fonte: Playpress 6 de maio de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: