Publicidade

Notícias de saúde

Fumo Reduz "Reserva" de Suprimento de Sangue do Coração

14 de Setembro de 2000 (Bibliomed). Mesmo em pessoas aparentemente saudáveis, fumar cigarro parece diminuir o fluxo sanguíneo para o coração quando o corpo está estressado, descobriram pesquisadores.

Essa é a primeira evidência direta de que o fumo enfraquece o funcionamento, não apenas das maiores artérias do coração, mas também da rede de pequenos vasos que alimentam o órgão, disseram os pesquisadores.

Em um estudo comparativo de 11 fumantes com 8 não-fumantes, os pesquisadores verificaram que os fumantes tinham um suprimento de sangue 21 por cento menor durante os testes de estresse do coração.

Os pesquisadores usaram tomografia por emissão de pósitron (PET) para observar essa redução do fluxo na microvascularização em torno do coração, local onde está a "reserva coronária de sangue" que deveria ajudar o órgão durante o estresse.

A equipe de Paolo G. Camici, do Hospital Hammersmith,em Londres, relatou as descobertas na edição de setembro do Circulation: Journal of the American Heart Association.

Para mostrar que o cigarro estava por trás do corte de fluxo sanguíneo, a equipe de Camicci deu aos fumantes vitamina C intravenosa, levando o sangue dos fumantes aos mesmos padrões dos não-fumantes.

Camici disse que o fumo é conhecido por esgotar o estoque de vitamina C do corpo -- um antioxidante que ajuda a proteger o coração ao limpar as células das substâncias nocivas conhecidas como radicais livres. O cigarro atua diretamente em oposição aos antioxidantes.

Camici observou que esse estudo não mostra que tomar suplementos de vitamina C pode proteger os fumantes de danos nas artérias do coração. De fato, muitos estudos verificaram que os suplementos de vitamina C parecem fazer pouco ou quase nada para reverter danos relacionados ao fumo.

Conforme o pesquisador, as descobertas do estudo sugerem que os pesquisadores devem observar mais a fundo essa possibilidade. A vitamina C é "o antioxidante mais potente", disse Camici.

"Gostaria de fazer um teste maior com um tratamento crônico de vitamina C oral para fumantes", disse o pesquisador.

Camici informou ainda que doenças do coração são menos comuns em países mediterrâneos que em outras partes da Europa, apesar de terem altas taxas de fumantes. Para ele, o fato pode estar relacionado à alimentação rica em vitamina C que compõe a dieta mediterrânea.

Copyright © 2000 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: