Publicidade

Notícias de saúde

Adolescentes que dormem pouco têm maior tendência para depressão, indica pesquisa

04 de janeiro de 2010 (Bibliomed). Os adolescentes que relataram que habitualmente dormem por cinco horas ou menos por noite têm 71% mais probabilidade de apresentara depressão, e 48% mais propensos a ter pensamentos com idéias de de suicídio, em comparação com os jovens que têm oito horas de sono por noite. Isso é o que indica um novo estudo da Columbia University Medical Center, de Nova York, nos Estados Unidos. A pesquisa foi publicada no número de janeiro de 2010 da revista médica SLEEP.

Os pesquisadores coletaram dados sobre 15.659 adolescentes e seus pais, que haviam participado do National Longitudinal Study of Adolescent Health. Os adolescentes eram alunos da 7ª até a 12ª série, entre 1994 a 1996.

Foi verificado que a duração média do sono foi de 7 horas e 53 minutos - os pesquisadores observam que os adolescentes precisam de 9 horas de sono diárias. Além disso, cerca de 70% dos jovens disseram que ia para a cama dormir de acordo com os horários determinados por seus pais.

Os pesquisadores disseram que a falta de sono pode gerar irritação, o que dificulta a capacidade de lidar com o estresse da vida diária, prejudicando as relações com os colegas e adultos. Assim, concluíram que educar os adolescentes e seus pais sobre os benefícios das práticas mais saudáveis de sono pode ser adequado, e que seus resultados são consistentes com a teoria de que o sono inadequado é um fator de risco para depressão.

Recomendam ainda que os pais de adolescentes devam definir horas de dormir mais cedo para ter certeza de um sono adequado.

Fonte: SLEEP,2010; vol 33, 97-106.

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: