Publicidade

Notícias de saúde

Poluição pode contribuir para o aumento dos casos de doença hepática

01 de junho de 2009 (Bibliomed). Alguns poluentes podem estar contribuindo para o crescimento do número de casos de doença hepática, segundo pesquisadores da Universidade de Louisville, nos Estados Unidos. De acordo com os especialistas, um terço dos adultos americanos apresentam sinais de doença no fígado não-causada pelos fatores de risco tradicionais, como abuso de álcool e hepatite viral.

Enquanto a obesidade permanece sendo o principal causador do aumento dos casos, um estudo com 4,5 mil pessoas indicou que a poluição ambiental também pode cumprir um papel na doença. "Nosso estudo mostra que alguns desses casos podem ser atribuíveis à poluição ambiental, mesmo após ajustar para a obesidade, que é outro importante fator de risco para doença hepática", destacou o pesquisador Matthew Cave, líder do estudo.

Analisando amostras do fígado dos participantes quanto à exposição a 111 poluentes comuns, incluindo chumbo, mercúrio e pesticidas, os pesquisadores descobriram esses poluentes em pelo menos 60% dos voluntários que tinham anormalidades nas enzimas hepáticas. E essa associação permanecia significativa após considerarem obesidade, diabetes, raça, sexo e renda.

"Esses resultados indicam que pode haver um inesperado papel anterior para a poluição ambiental no aumento da incidência de doença hepática na população dos EUA; e, claramente, mais trabalhos precisam ser feitos", destacou o autor.

Há cerca de 90 formas de doença hepática – 10ª principal causa de morte nos Estados Unidos – incluindo hepatite, cirrose e fígado gorduroso. E os casos estão em crescimento nos Estados Unidos e em outras partes do mundo, acompanhando o aumento das taxas de obesidade, que pode atrapalhar a função hepática.

Fonte: Digestive Disease Week. 30 de maio de 2009.

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: