Publicidade

Notícias de saúde

Fast food pode cancelar os benefícios da amamentação contra a asma

29 de janeiro de 2009 (Bibliomed). Muitos estudos indicam que a amamentação pode reduzir as chances de a criança desenvolver asma. Porém uma nova pesquisa das universidades de Alberta e de Manitoba, no Canadá, sugere que crianças que comem fast food (lanches incluindo hambúrguer e batata frita) pelo menos uma ou duas vezes por semana perdem os efeitos benéficos do aleitamento materno contra a doença respiratória.

As conclusões, publicadas na revista científica Clinical and Experimental Allergy, foram baseadas em diferentes descobertas que indicavam uma relação entre o consumo de fast food e a asma, entre a amamentação e a doença respiratória, e entre os três ao mesmo tempo.

Avaliando aproximadamente 700 crianças, sendo 250 asmáticas, os pesquisadores confirmaram os resultados de muitos outros estudos sobre os benefícios da amamentação para a prevenção da asma – crianças que foram exclusivamente amamentadas por 12 semanas ou mais quando bebês teriam um menor risco.

Por outro lado, eles observaram que “esse efeito benéfico só era visto em crianças que não consumiam fast food, ou apenas ocasionalmente” tinham esse tipo de alimentação. Mais da metade das crianças estudadas comia fast food mais de duas vezes por semana. E, essa alta prevalência de má alimentação na sociedade, segundo os autores, poderiam explicar o crescimento das taxas de asma, mesmo com o aumento da amamentação.

Os pesquisadores não examinaram as razões dessa relação entre fast food e asma, mas acreditam que a alta quantidade de gordura e sal pode ser a culpada. E destacam que, apesar da nutrição não ser o único fator envolvido na doença, os resultados do estudo podem estimular mais pesquisas sobre os mecanismos por trás dos efeitos da alimentação na doença respiratória.

Fonte: Clinical & Experimental Allergy. 21 de janeiro de 2009.

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: