Publicidade

Notícias de saúde

Drogas Anti-HIV Podem Causar Impotência, Mostra Estudo

Por E. J. Mundell

NOVA YORK (Reuters Health) - Medicamentos inibidores da protease podem fazer maravilhas para suprimir o HIV, estendendo a vida de pessoas que estão com o vírus. Mas novas descobertas de um estudo sugerem que o uso destas drogas pode causar disfunção sexual em muitos pacientes.

De acordo com R. Colebunders, do Instituto de Medicina Tropical, em Antuérpia, na Bélgica, houve uma "redução do interesse sexual (em homens e mulheres) e um aumento nos problemas de ereção masculina" em cerca de metade dos pacientes infectados com HIV que estavam tomando inibidores da protease, em comparação àqueles que não estavam recebendo as drogas.

As descobertas foram apresentadas na 13a. Conferência Internacional em Aids, realizada este ano em Durban, na África do Sul.

Os pesquisadores analisaram respostas de uma pesquisa anônima com mais de 1.000 adultos europeus HIV positivos. Eles afirmam que cerca de metade (48 por cento) dos homens e das mulheres tomando medicamentos inibidores da protease relatou "uma queda no interesse sexual", em comparação com menos de um terço (32 por cento) dos pacientes que tomavam outras drogas.

Quase metade (44 por cento) dos usuários masculinos de inibidores da protease também relatou "potência sexual diminuída", comparada a 27 por cento dos pacientes masculinos tomando outras drogas.

Colebunders observou que "outras pesquisas são necessárias" para determinar se o uso de inibidores da protease é uma causa direta da disfunção sexual em pacientes infectados com HIV e, se for confirmado, porque isso ocorre.

O pesquisador destacou que a disfunção sexual tendia a atingir mais pacientes que também apresentavam anormalidades na deposição de gordura corporal - outro efeito colateral comum da terapia com inibidores da protease.

Colebunders disse, no entanto, que "não se sabe ainda se existe um mecanismo patofisiológico ligando os dois efeitos colaterais".

Ao mesmo tempo, afirmou o pesquisador, os pacientes tomando inibidores da protease que estão apresentando menor libido ou impotência devem consultar seus médicos.

"Pesquisas futuras são necessárias para verificar se terapias como o Viagra são eficazes para estas (condições)", alertou Colebunders, especialmente porque "existem interações farmacêuticas importantes entre o Viagra e inibidores da protease".

Colebunders acredita que mais pesquisas também são necessárias "para descobrir se a disfunção sexual irá desaparecer após a troca para um regime (supressor de HIV) sem um inibidor da protease.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: