Publicidade

Notícias de saúde

Estudo associa apnéia do sono a problemas de visão

13 de novembro de 2008 (Bibliomed). Um estudo da Mayo Clinic, nos Estados Unidos, associa a apnéia obstrutiva do sono a diversos problemas na visão que podem levar à cegueira. A doença é marcada por interrupções na respiração durante o sono, o que diminui a oxigenação cerebral e aumenta os riscos de doenças cardiovasculares, cerebrais e metabólicas.

De acordo com os pesquisadores, por causa de seus efeitos no sistema circulatório, a doença pode afetar os olhos, que possuem um complexo e sensível sistema vascular. “Considerando as conseqüências vasculares da apnéia obstrutiva do sono, não é surpresa que as manifestações oftalmológicas existam”, explicou o líder do estudo Andrew Waller, da Mayo Clinic.

Avaliando a literatura científica sobre o assunto, os especialistas associaram a apnéia com uma variedade de condições oftalmológicas, incluindo a síndrome da frouxidão palpebral, o glaucoma, a neuropatia ótica isquêmica anterior não-arterítica e o papiledema.

Os autores destacam que o conhecimento da ligação entre os problemas óticos e a apnéia pode apressar o diagnóstico e indicar o tratamento adequado. “Nosso entendimento dos mecanismos que ligam esses distúrbios é mínimo”, confessa o autor principal. “Porém, o reconhecimento dessas associações é importante para médicos de cuidados primários, oftalmologistas e médicos do sono”. 

Por causa dessa relação, os especialistas recomendam que pacientes com apnéia façam exames periódicos principalmente para avaliar sinais precoces de glaucoma – segunda maior causa de cegueira, e marcada por aumento da pressão interna do olho. E, para pacientes com essas condições óticas um exame clínico é recomendado para investigar a presença de apnéia.

Fonte: EurekAlert. Public release. 10 de novembro de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: