Publicidade

Notícias de saúde

Crescem as taxas de artrite reumatóide entre mulheres nos Estados Unidos

28 de outubro de 2008 (Bibliomed). Após quatro décadas de declínio, as taxas de artrite reumatóide estão crescendo entre as mulheres nos Estados Unidos, segundo estudo da Mayo Clinic. A artrite reumatóide é uma doença inflamatória sistêmica de causa indeterminada, que afeta principalmente mulheres entre os 40 e 60 anos de idade, causando dor e rigidez nas articulações, mal-estar, fadiga e febre baixa.

No período entre os anos de 1955 e 1994, a incidência da doença vinha diminuindo continuamente, mostrando uma taxa de 36 casos para cada 100 mil mulheres por ano na última década do período. Porém, avaliando 350 pacientes com média de idade de 56,5 anos – 69%, mulheres – os pesquisadores descobriram que essa taxa aumentou para 54 casos por 100 mil mulheres no período entre os anos de 1995 e 2005.

Apesar do aumento da incidência e prevalência da doença entre as mulheres, entre os homens, a incidência não se alterou, permanecendo de 29 casos por 100 mil. E, por causa do aumento entre as mulheres, a porcentagem da população em geral com a doença aumentou de 0,85% para 0,95%.

Embora as razões ainda não estejam claras, os autores destacam que o fator ambiental pode cumprir um papel nessa mudança. “Essa é uma descoberta significativa e um indicador de que mais pesquisas são necessárias para melhor entender as causas e tratamentos dessa doença devastadora”, disse o reumatologista Sherine Gabriel, líder do estudo.

Fonte: EurekAlert. Public release. 25 de outubro de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: