Publicidade

Notícias de saúde

Divórcio – custos vão além da separação

29 de fevereiro de 2008 (Bibliomed). Divórcio normalmente é uma situação que implica em grandes gastos, especialmente se não for feito de maneira amigável. Divisão de bens, advogados, audiências, guarda dos filhos, pensão, entre outros quesitos, de uma forma ou de outra, sempre provocam algum transtorno.

Mas, um estudo publicado na revista médica Proceedings of the National Academy of Sciencesmostra que os custos do divórcio não ficam apenas naquilo decidido com a separação.

De acordo com pesquisadores americanos da Universidade de Michigan, pessoas que divorciam apresentam uma maior tendência a gastarem mais água e energia comparativamente às que permanecem casadas.

As informações foram obtidas a partir de dados coletados em 12 países, incluindo o Brasil. Não foram consideradas relações com fatores emocionais ou motivos especiais para o divórcio. Além disso, não se sabe ao certo quais as razões para esses gastos mais elevados. Talvez a falta de compromisso e responsabilidade com outra pessoa dentro de casa, maior tempo livre ou percepção de que, agora sozinho, os gastos serão menores e, portanto, pode-se "abusar mais do que tem".

Seja qual for o motivo, os dados estatísticos deixam claro que o consumo de um indivíduo divorciado é maior.

Fonte: Proceedings of the National Academy of Sciences (December 2007); online early edition

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: