Publicidade

Notícias de saúde

Mulheres que bebem chá têm menos osteoporose

23 de novembro de 2007 (Bibliomed). A osteoporose é uma doença que atinge maiores taxas de ocorrência na população idosa. Seu surgimento está associado a um complexo e dinâmico balanço das quantidades de vitaminas e minerais no organismo, com destaque para o cálcio. O osso passa a adquirir maior força e resistência desde o nascimento, sendo que incorpora grandes quantidades de cálcio até o início da vida adulta. A partir desta época ocorre uma lenta e progressiva redução das taxas ósseas do íon, que, na dependência da sua magnitude, pode conduzir ao surgimento da osteoporose.

Acredita-se que o consumo regular de chá atua como fator de proteção contra a osteoporose, conforme revelam pesquisadores australianos da University of Western Austrália, que publicaram um estudo na revista American Journal of Clinical Nutrition. Foram incluídas na pesquisa 1.500 mulheres, entre 70 e 85 anos, as quais receberam acompanhamento durante 5 anos.

Os resultados divulgados demonstraram que a quantidade de cálcio nos ossos, das participantes que ingeriam chá regularmente, era 2,8% maior, em comparação àquelas que não cultivavam o hábito de consumo desta bebida. Além disso, após 4 anos de seguimento foi observado que a ingestão de chá, reduz em cerca de 2,5% a taxa de perda de cálcio pelos ossos.

O chá atua, portanto, na diminuição da ocorrência de osteoporose nas mulheres idosas.

Fonte: American Journal of Clinical Nutrition 2007; 86 (4): 1243 – 1247.

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: