Publicidade

Notícias de saúde

Apnéia obstrutiva do sono pode atrapalhar a função cardíaca

17 de maio de 2007 (Bibliomed). A apnéia obstrutiva do sono é um problema relacionado a fatores como obesidade, fenômenos alérgicos entre outros. Além das implicações sobre o sono tranqüilo, esse distúrbio pode levar a alterações da função cardíaca – é o que dizem pesquisadores da Escola Médica de Osaka, no Japão.

Um artigo publicado no Chest no início deste ano aborda o tema. Segundo a publicação, a falta de oxigenação pela apnéia obstrutiva do sono atrapalha a contração cardíaca. Devido a isso, os autores propuseram a avaliação de pacientes que sofrem desse distúrbio do sono, através do Doppler – ecocardiograma.

30 pacientes, entre 50 e 60 anos, a maioria homens, foram avaliados. Todos foram submetidos ao estudo de polissonografia (específico para avaliar o sono), além da avaliação da função miocárdica.

Os resultados obtidos demonstraram de forma evidente que a apnéia obstrutiva do sono contribui para eventos repetidos de falta de oxigenação, extremamente danosos ao coração, diminuindo sua capacidade de contração. Quanto mais episódios de apnéia, pior a capacidade funcional miocárdica. Portanto, os pacientes com o distúrbio acima mencionado devem ser avaliados quanto à função cardíaca e, se possível, tratados precocemente para evitar o surgimento de outras complicações.

Fonte: Chest 2007; 131: 1082 – 1089 DOI: 10.1378/chest.06-2444

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: