Publicidade

Notícias de saúde

Toxina botulínica pode ser útil na abordagem da hiperhidrose

10 de maio de 2007 (Bibliomed). A hiperhidrose é uma condição caracterizada pela produção excessiva de suor em certas áreas do corpo, especialmente em mãos, região axilar e região inguinal, principalmente diante de situações de maior estresse emocional. Diversas abordagens terapêuticas são propostas para controlar a sudorese excessiva da hiperhidrose, porém os resultados são por vezes frustrantes.

Um grupo de pesquisadores europeus publicou um relato de caso na revista The Lancet, em 2007, no qual afirmam que o uso da toxina botulínica pode ser uma alternativa útil na abordagem da hiperhidrose. Trata-se do relato do quadro clínico apresentado por uma paciente de 23 anos de idade, a qual apresentava hiperhidrose manifesta principalmente no antebraço direito e no dorso da mão direita. A paciente apresentava manifestações da doença desde a infância.

O suor excessivo era considerado pela paciente como algo embaraçoso, sendo que chegava a interferir na sua capacidade produtiva. Os ataques ocorriam espontaneamente ou em resposta a estresse emocional, exercícios físicos, consumo de bebidas alcoólicas e de café, fazendo com que a mão direita da paciente pingasse suor.

O problema foi resolvido com o tratamento utilizando injeções locais de toxina botulínica, sem que houvesse reações adversas importantes. Assim, os autores concluem que a toxina botulínica é uma alternativa interessante na abordagem terapêutica da hiperhidrose, devendo seu uso ser estimulado.

Fonte: The Lancet 2007; 369: 1372 (April 21).

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: