Publicidade

Notícias de saúde

Separação afeta o coração das mulheres

13 de setembro de 2006 (Bibliomed). Pessoas que alguma vez estiveram casadas vivem mais muito tempo do que aquelas que nunca se casaram, e têm menor probabilidade de sofrerem problemas de saúde mental tais como depressão e ansiedade. Mas até que ponto uma separação muda esta situação?

O divórcio aparentemente piora mais a saúde cardiovascular das mulheres do que a dos homens. Isso é o que revela um novo estudo publicado no número mais recente da revista Journal of Marriage and Family.

No estudo, pesquisadores americanos examinaram a influência da vida de casado na prevalência e incidência de doenças cardiovasculares, entre 9.434 indivíduos de meia-idade.

Os resultados mostraram um maior risco de doenças cardiovasculares na meia idade em mulheres que haviam se divorciado; este aumento de risco, entretanto, não foi observado nos indivíduos do sexo masculino que se separaram.

Segundo a pesquisa as conseqüências danosas do divórcio ocorrem em grande parte devido às mudanças econômicas como também a angústia emocional que o divórcio provocaria nas mulheres.

Fonte: Journal of Marriage and Family. Volume 68 Page 639  - August 2006

Copyright © 2006 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: