Publicidade

Notícias de saúde

Filhos alteram o cérebro dos pais

04 de setembro de 2006 (Bibliomed). Pesquisadores do departamento de Psicologia, da Universidade de Princeton, compararam os cérebros de macacos que eram pais já experientes e/ou que haviam sido pais pela primeira vez, com os cérebros de macacos que não tinham filhos.

Os investigadores analisaram uma espécie específica de macacos, pouco comum entre os mamíferos: nessa espécie específica, os pais tinham um imenso cuidado com seus filhotes jovens, carregando-os, protegendo-os, e alimentando-os.

Os resultados dos exames anátomopatológicos mostraram que os macacos que eram pais experimentados, apresentavam uma maior densidade de conexões em uma região do cérebro, o córtex pré-frontal, se comparados com aqueles que não eram pais.

Os cérebros dos macacos pais também apresentavam mais receptores hormonais nesta região do cérebro para a vasopressina, substância que se acredita estar envolvida no comportamento parental e nas ligações sociais.

Os pesquisadores acreditam que mais estudos seriam necessários para conclusões mais precisas, mas sugerem que estas mudanças cerebrais possam ser causadas pelo contato com os filhotes.

A pesquisa foi publicada na edição online da revista Nature Neuroscience.

Fonte: Nature Neuroscience, Aug. 20, 2006 online edition

Copyright © 2006 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: