Publicidade

Notícias de saúde

Bruxismo não aumenta força da mordida entre pacientes

16 de Agosto de 2005 (Bibliomed). O bruxismo, um sintoma freqüente durante o sono, consiste no hábito de apertar e ranger os dentes, ocorre em cerca de 15% das pessoas. Os portadores de bruxismo podem sofrer fortes dores de cabeça, desgaste dos dentes e distúrbios da articulação mandibular.

Devido à movimentação exagerada da musculatura da mastigação, suspeitou-se o bruxismo poderia contribuir para a hipertrofia dos músculos da mastigação e para o aumento da força de mordida dos pacientes que sofrem da condição.

Um novo estudo publicado na última edição da revista especializada International Journal of Prosthodontics avaliou a forca de mordida de pacientes com e sem bruxismo a fim de correlacionar a doença à hipertrofia dos músculos mastigatórios. 80 participantes forneceram dados para a investigação.

A análise dos resultados obtidos pelos pesquisadores de Universidades brasileiras mostrou que, apesar do mecanismo proposto, os pacientes com e sem bruxismo apresentavam forca de mordida muito parecidas.

Fonte: International Journal of Prosthodontics July/August 2005 Volume 18 , Issue 4

Copyright © 2005 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: