Publicidade

Notícias de saúde

Medida da temperatura dos pés pode evitar amputações em diabéticos

05 de novembro de 2004 (Bibliomed). Pacientes com diabetes nos quais é alto o risco para o surgimento de úlceras nos pés - e que podem resultar em infecções e amputações - podem prevenir estas complicações monitorando as temperaturas da pele de seus pés. Isso é o que sugere um novo estudo, publicado na revista médica Diabetes Care de novembro de 2004.

Pesquisadores do Texas, nos Estados Unidos, examinaram a efetividade da medida domiciliar da temperatura dos pés em 85 pacientes sob risco de complicações.

Quarenta e um dos participantes foram designados para receber orientações padrão, em relação ao tipo de calçado, educação sobre cuidados com os pés, e avaliações regulares com um especialista.

Quarenta e quatro pacientes foram colocados em um grupo no qual receberam as recomendações e cuidados padrão, juntamente com um termômetro de pele infravermelho para medir temperaturas na sola do pé afetado, pela manhã e à noite.

Se fossem descobertas temperaturas elevadas - maior do que quatro graus Fahrenheit comparado ao outro pé - os pacientes eram considerados sob risco de ulceração, e foram ensinados a reduzir as suas atividades e contactar imediatamente a enfermeira do estudo.

Os participantes foram seguidos durante seis meses; neste período, foram observadas nove complicações de pés no grupo de terapia padrão, comparado com uma complicação no grupo de terapia padrão associada à medida da temperatura.

Ocorreram infecções em dois pacientes na terapia padrão, sendo realizadas amputações de pé nos pacientes. Em contraste, nenhuma infecção ou amputação ocorreu no grupo de terapia padrão associada à medida da temperatura.

Fonte: Diabetes Care. 2004 Nov;27(11):2642-7.

Copyright © 2004 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: