Publicidade

Notícias de saúde

Irmãos gêmeos têm uma menor tendência ao suicídio do que a população geral

18 de Agosto de 2003 (Bibliomed). Laços de família fortes e compromissos pessoais são sabidamente fatores importantes na prevenção do suicídio – assim, ter pais vivos e que vivam juntos, ser casado, e ter filhos pequenos são fatores inversamente correlacionados com a incidência de suicídio. Mas até o momento não haviam sido avaliadas as taxas de suicídio entre irmãos gêmeos.

Segundo relatado em artigo publicado na revista The British Medical Journal, pesquisadores dinamarqueses avaliaram os dados de mais de 200.000 gêmeos do mesmo sexo que haviam morrido entre 1943 e 1993, e compararam as taxas de suicídios deles com os dados da população em geral.

Os pesquisadores verificaram que as taxas de suicídio eram menores para os gêmeos, independentemente de seu sexo.

Os achados foram uma surpresa para os pesquisadores, pois estudos anteriores sugeriram que os gêmeos poderiam ter uma maior tendência para problemas mentais do que outras pessoas, e que, portanto, poderia trazer consigo uma maior taxa de suicídios.

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: