Publicidade

Notícias de saúde

Bebida isotônica pode provocar calcificação na bexiga, indica estudo com ratos

24 de Junho de 2003 (Bibliomed). Pesquisa realizada na Universidade Federal de São Paulo sugere que o consumo de bebidas isotônicas aumenta a tendência de formação de precipitados de cálcio na bexiga. O problema atingiu tanto ratos sedentários quanto aqueles que praticaram exercícios de forma moderada. Ainda são necessários novos estudos para verificar os efeitos no homem.

A pesquisadora Nayda Parisio de Abreu, autora do trabalho apresentado como dissertação de mestrado na Unifesp, estudou 70 ratos machos albinos do tipo Wistar. Eles foram levados a gaiolas metabólicas e submetidos a uma série de dosagem bioquímica. Depois, foram divididos em nove grupos para que fosse analisado como a função renal se comportava nas diferentes situações.

Os animais dos grupos que praticaram exercícios (2, 3, 7 e 8) correram durante uma hora por dia (o equivalente, em humanos, a uma hora diária de caminhada) em uma esteira motorizada, cinco vezes por semana, por 40 dias. A velocidade foi de 20 metros/minuto, o que corresponde à intensidade moderada para o ser humano. A bebida isotônica foi administrada aos ratos duas vezes ao dia, em doses de 2 mililitros (grupos 3, 4, 8 e 9). O volume corresponde à ingestão de 500 ml/dia para um adulto de 70 quilos. Nos ratos que praticaram exercícios (grupos 3 e 8), a dose foi aplicada após a corrida e sete horas depois. Para surpresa da pesquisadora, não houve variação nos parâmetros bioquímicos da urina e do plasma dos animais. A função dos rins foi preservada. Mas ao analisar a bexiga dos ratos, a pesquisadora encontrou um material gelatinoso (matriz amorfo protéica, formada por Proteína de Tamm-Horsfall - THP e Enzima Conversora de Angiotensina - ECA) com precipitados de cálcio, nos animais que tinham recebido a bebida – em 41,6% dos ratos do grupo 3 e em 12,5% do 4.

Segundo a pesquisadora, na bexiga a THP em forma de gel promove a agregação de outros compostos, o que implica num risco para a formação de cálculo. “A pesquisa indica que esse cálculo teria aparecido se a bebida isotônica fosse ingerida por um período maior ou em dose mais elevada”, explicou.

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: