Publicidade

Notícias de saúde

Nova técnica pode melhorar cirurgia de lipoaspiração

04 de Fevereiro de 2003 (Bibliomed). O ultra-som pode tornar a lipoaspiração, cirurgia de retirada de gordura localizada, mais rápida e menos dolorosa, segundo especialistas que já vem utilizando a técnica em pacientes da Grã-Bretanha. No método tradicional, os médicos abrem algumas espécies de canais na gordura a ser retirada e, em seguida, quebram e removem essa gordura manualmente. Segundo o cirurgião do Bupa´s Lee Hospital, em Cambridge, George Lamberty, que utiliza o ultra-som, “um dos efeitos colaterais da lipoaspiração convencional é a ondulação na pele, que demora a se recuperar após a cirurgia, principalmente se ela não possui uma boa elasticidade”.

Já a nova técnica consiste, segundo especialistas, na quebra do tecido adiposo através do uso de radiação em alta freqüência e de líquidos especiais, que são injetados no corpo para amolecer a gordura, facilitando a sua quebra. Com o ultra-som, uma quantidade maior de gordura pode ser expelida, provocando menos trauma no organismo e, conseqüentemente, uma recuperação mais rápida do paciente. “O novo método agride menos a pele. Como a gordura fica mais mole, é como meter uma faca quente na manteiga”, compara o cirurgião.

No entanto, alguns médicos mostram preocupações com a nova técnica, principalmente sobre o efeito que a radiação pode ter nas células de gordura. Eles acreditam que o ultra-som pode alterar as células, ao invés de matá-las, o que em tese poderia causar problemas como o câncer. “Se for mal usado, também pode provocar queimaduras na pele”, alerta o médico David Sharp, da Associação Britânica de Cirurgia Plástica. “Mas ainda não há nada que confirme esses temores. A técnica pode também ser perfeitamente segura”, acrescentou Sharp. De acordo com estimativas da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a lipoaspiração já corresponde a 30% das operações plásticas realizadas no país, que, aliás, tem um dos maiores índices de cirurgias plásticas do mundo.

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: