Publicidade

Notícias de saúde

Cientistas estudam verme contra leishmaniose visceral

24 de Janeiro de 2003 (Bibliomed). O mais novo aliado dos cientistas no combate da leishmaniose visceral, doença que afeta fígado e baço e pode causar hemorragia e complicações pulmonares, tem menos de um milímetro de comprimento, mas é capaz de matar os mosquitos transmissores da doença, antes da reprodução. Trata-se de um verme nematóide (cilíndrico), encontrado pelos biólogos Paulo Pimenta e Nágila Secundino, do Centro de Pesquisas René Rachou, em Belo Horizonte, que pode se tornar uma arma biológica contra o inseto Lutzomyia longipalpis, mais conhecido como mosquito-palha ou birigui. A doença está presente em toda a América e, no Brasil, tem se expandido para áreas urbanas.

Segundo os biólogos, a descoberta do parasita aconteceu por acaso. A equipe do laboratório costuma recolher espécimes do mosquito-palha na gruta da Lapinha, perto do município de Lagoa Santa. Certo dia, alguns insetos levados para o laboratório pareciam apáticos: não se alimentavam de sangue ou comiam muito pouco, mas o abdômen das fêmeas estava estufado, como se tivesse cheio de sangue. Ao observar o problema com o microscópio, a pesquisadora encontrou o verme, em várias fases de seu ciclo de vida: ovos, larvas, machos e fêmeas adultos dentro de cistos. Os cientistas acreditam que a transmissão ocorra quando as larvas dos mosquitos comem restos de companheiros mortos, ou quando os vermes penetram na pele das larvas.

A porcentagem de insetos que tinham o parasita no organismo não chegava a 0,5% da amostra coletada, mas foi suficiente para revelar que os mosquitos infectados sugavam pouco ou nenhum sangue e esse tipo de alimentação é fundamental para que as fêmeas consigam produzir seus ovos. Posteriormente, das três ou quatro gerações de insetos examinados, quase todos morreram. Os biólogos observaram que o verme acompanha o inseto por todo o seu ciclo de vida e, aparentemente, não infecta outros insetos ou animais. O próximo passo será a escolha de uma área onde exista concentração do inseto para testar o desempenho do verme no seu controle.

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: