Publicidade

Notícias de saúde

Método caseiro é eficiente na remoção de verrugas

18 de Outubro de 2002 (Bibliomed). Um estudo recente testou e aprovou o método caseiro de remoção de verrugas que utiliza fita adesiva. Segundo os pesquisadores do exército norte-americano, a fita adesiva do tipo silver tape é mais eficiente nessa tarefa que outras fitas adesivas de uso médico, por oferecer uma adesão maior e um risco menor de descolamento. O pesquisador Dean Focht, do Centro Médico do Exército Madigan, em Tacoma (Washington), explicou que a verruga deve ficar coberta durante aproximadamente uma semana. Nesse período, seu crescimento é interrompido e o tecido morto pode ser gradualmente removido com uma lixa ou pedra-pomes.

No estudo, 26 voluntários com idades entre 3 e 22 anos foram tratados com o método da fita adesiva. A verruga ficou coberta durante seis dias, depois foi embebida em água e o tecido morto foi lixado. Outros 25 voluntários foram submetidos a seis sessões de crioterapia com nitrogênio líquido. A crioterapia é uma forma de congelamento por substâncias químicas que, além de assustar as crianças, também pode não ser permanente.

O método da fita adesiva funcionou em 85% dos pacientes e a crioterapia foi eficiente em 60% dos casos. “Em nosso estudo, a terapia por oclusão com fita adesiva demonstrou ser mais efetiva que a crioterapia no tratamento da verruga simples e provocou menos efeitos adversos”, disse Focht, em artigo publicado na Archives of Pediatrics and Adolescent Medicine, revista da Associação Médica Americana. A verruga comum é um crescimento inócuo provocado pelo papilomavírus humano. Pode ser contagiosa e incômoda, mas também pode desaparecer sem tratamento.

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: