Publicidade

Notícias de saúde

Ministério da Saúde comemora números do Programa de Saúde da Família

14 de Junho de 2002 (Bibliomed). A marca de 69 milhões de pessoas atendidas pelo Programa de Saúde da Família (PSF) foi comemorada pelo Ministério da Saúde esta semana. Aproximadamente 30% dos habitantes do País já tiveram seus nomes cadastrados e seus principais problemas de saúde identificados.

Para garantir a assistência a essas pessoas, estão trabalhando no PSF cerca de 15.201 equipes básicas, formadas por médico, enfermeiro, auxiliar de enfermagem e agentes comunitários de saúde. Cerca de quatro mil cidades brasileiras implantaram o programa.

O PSF é um projeto que pretende melhorar a assistência à saúde da população brasileira. A intenção é reduzir o alto índice de mortalidade infantil, o número elevado de internações hospitalares e melhorar a qualidade de assistência às gestantes.

Dados do Ministério da Saúde indicam que em algumas cidades em que o programa foi implantado há mais de três anos, as equipes já têm condições de solucionar até cerca de 85% dos problemas de saúde apresentados pelos moradores. No momento, estão sendo intensificadas as ações de imunização, controle de tuberculose, hipertensão, diabetes e hanseníase.

O atendimento é realizado em sintonia com os centros de saúde básica da rede municipal. Os cerca de 163.923 agentes comunitários de saúde, que trabalham nas cidades brasileiras com PSF, cadastram as famílias a serem atendidas e preenchem um formulário em que constam questionamentos sobre a saúde individual de cada morador e sobre as condições sociais, demográficas, de higiene e epidemiológicas da residência e da vizinhança.

A partir desses dados, problemas de saúde mais comuns e situações de riscos são identificados, sendo elaborado um planejamento da atuação da equipe com ações de promoção da saúde, prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças.

Em algumas cidades, as consultas são programadas e agendadas previamente pelo agente de saúde nas unidades já existentes do SUS. Em caso de necessidade, quando há pacientes acamados ou com dificuldade de locomoção, as pessoas são atendidas em casa.

Recentemente, algumas equipes foram acrescidas de cirurgião dentista, técnico em saúde bucal e atendente de consultório dentário. Porém, o atendimento ainda é tímido e presente em apenas 3.328 equipes.

O PSF é financiado por governos federal, estadual e municipal. Anualmente, o governo federal repassa um montante que varia segundo as faixas de cobertura populacional - de R$ 28 mil a R$ 54 mil por equipe anualmente.

Ainda este ano, há expectativa de criação de mais 20 mil equipes do PSF, o que garantiria o atendimento de aproximadamente 69 milhões de pessoas.

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: