Publicidade

Notícias de saúde

Programa Bolsa-alimentação foi lançado em Sergipe

Belo Horizonte, 21 de Dezembro de 2001 (Bibliomed). As primeiras bolsas que vão beneficiar crianças e gestantes do estado de Sergipe foram entregues, no último dia 17, pelo ministro da Saúde José Serra, durante o lançamento do programa Bolsa Alimentação do governo federal, naquele estado. Os municípios beneficiados são Barra dos Coqueiros e Poço Redondo. O primeiro recebeu 125 bolsas para crianças e 19 para gestantes, enquanto que o segundo recebeu 108 para crianças e sete para gestantes.

Ao todo serão entregues em todo o estado de Sergipe cerca de 58.905 bolsas. Esse montante vai beneficiar 45.369 crianças e 13.536 gestantes e nutrizes. A previsão de repasses para o programa no estado é de cerca de R$ 59 milhões por ano.

Somente para os dois municípios, os repasses do Ministério da Saúde estão orçados em R$ 250 mil anuais (R$ 161 mil para Poço Redondo e R$ 89 mil para Barra dos Coqueiros). Em todo o País, esse ano, o volume de recursos aplicados chegou a R$ 272 milhões. A partir do ano que vem, o programa terá orçamento anual de R$ 572 milhões.

A meta do Bolsa-Alimentação é atender 800 mil gestantes e mães que estejam amamentando, além de 2,7 milhões de crianças com até seis anos de idade e que apresentem alguma espécie de risco nutricional.

O programa foi lançado em setembro desse ano com o objetivo de combater a mortalidade infantil e a desnutrição. Os benefícios são pagos por meio de cartão nos pontos de atendimento da Caixa Econômica Federal e têm valor de R$ 15,00 a R$ 45, 00 por família. A triagem dos inscritos é feita por Agentes Comunitários de Saúde ou Programa de Saúde da Família.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: