Publicidade

Notícias de saúde

A Semana da Nefrologia é comemorada com alerta à população

Belo Horizonte, 23 de Novembro de 2001 (Bibliomed). Conhecer as características e o funcionamento dos rins é muito importante para aprender a identificar e prevenir doenças renais. Nos últimos sete dias, profissionais de saúde comemoraram a Semana da Nefrologia e aproveitaram a data para alertar a população sobre os riscos de doenças renais que podem chegar silenciosas. A Sociedade Brasileira de Nefrologia promoveu atividades em dez estados do País para atualizar os médicos e informar a população sobre os riscos das doenças renais.

O presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia/MG, Eduardo Roberto da Silveira, explica que a doença renal pode se instalar sem que a pessoa perceba, com sintomas genéricos e suportáveis. O médico informa ser possível perder até cerca de 50% da função renal sem que nenhum sinal se manifeste.

Quase 50 mil pessoas sofrem de problemas renais no Brasil, segundo dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia. Há 46.557 pacientes em tratamento em todo o País. Desse total, aproximadamente 41,9 mil se submetem à hemodiálise (89,99% do total).

A cada ano, cerca de 18 mil brasileiros precisam iniciar a hemodiálise. Na maioria das vezes, esse tratamento é realizado pelo resto da vida. A alternativa para quem não consegue recuperar as funções renais é o transplante. O problema é o baixo número de doação de rins. Anualmente, uma média de 2,7 mil brasileiros são submetidos a transplantes renais.

O médico ressalta que as pessoas com diabetes e/ou pressão arterial elevada devem controlá-las para que não haja comprometimento significativo dos rins. Quando o paciente tem apenas 10% da função renal comprometida é possível realizar tratamento com medicamentos e dieta.

Alguns sinais podem indicar a necessidade de uma consulta com nefrologista, como a alteração da cor da urina (tom de Coca-Cola ou sanguinolenta), dor e ardência durante a micção, aumento da necessidade de urinar, levantar mais de uma vez à noite para ir ao banheiro, inchaço dos tornozelos ou ao redor dos olhos, dores lombares, hipertensão arterial, anemia (com palidez anormal), fraqueza e desânimo constante, além de náuseas e vômitos freqüentes pela manhã.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: