Publicidade

Notícias de saúde

Alga é interessante no tratamento de espinhas

Belo Horizonte, 16 de Novembro de 2001 (Bibliomed). Uma alga marinha vermelha e mau-cheirosa, com nome científico Asparagopsis algae, tem se mostrado eficiente no tratamento de espinhas. A empresa francesa produtora de cosméticos Algue et Mer garante que a planta marítima tem substâncias muito interessantes para o controle da acne, um temor na vida dos adolescentes.

As espinhas poderiam ser tratadas mais facilmente e ficariam menos visíveis após o uso do produto com a alga. Antes de ser testada laboratorialmente, a planta parecia uma praga no território onde fica localizado o escritório da empresa, em uma ilha na região oeste da França.

Somente por isso, foi levada para o laboratório, onde foram identificadas propriedades antibacteriológicas interessantes. Depois disso, foram necessários seis anos para desenvolver o produto contra espinhas.

O processo de formação das espinhas pode ser explicado de uma maneira simplificada. Os folículos pilosos, que alojam os pêlos do nosso corpo, estão ligados às glândulas sebáceas. Quando a saída do folículo se fecha, forma-se o que chamamos em linguagem popular de cravo.

Quando a saída da glândula sebácea, por sua vez, é obstruída, há proliferação de bactérias. A glândula se rompe dentro da derme (pele), formando pápulas e pústulas – mais conhecidas pela população leiga como espinhas.

O estimulador da glândula sebácea é o hormônio androgênio, produzido nas mulheres pelos ovários e glândulas supra-renais. Estudos recentes associam o estresse à formação de espinhas. A pessoa, nessa situação, tem a glândula supra-renal estimulada, o que poderia levar ao aumento da produção de hormônios androgênios.

Isso explicaria por que as espinhas não são um mal presente apenas em adolescentes. Outro fator importante é que a formação das espinhas está relacionada com propriedades genéticas.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: