Publicidade

Notícias de saúde

Ministério da Saúde não confirma reajustes de remédios

O Ministério da Saúde informou que os 22 laboratórios que aumentariam o preço de seus medicamentos decidiram não fazer os reajustes. Em várias informações repassadas a imprensa, o Ministério alertou os consumidores que façam uma pesquisa antes de efetuar as compra, além de destacar que é impossível controlar as quase 50 mil farmácias, pois mesmo com o anúncio dos laboratórios que não reajustariam os preços, elas continuarão a cobram como se a decisão não tivesse sido tomada pelos fabricantes.

O Conselho Regional de Farmácia em Brasília informou que as farmácias receberam as listas de preços com mais de mil medicamentos, com reajustes de até 67%. Fato que veio provocar uma ameaça do governo através da abertura de processo administrativo contra os laboratórios que pretendiam manter a elevação dos preços. Com isto, o Ministério da Saúde obteve respostas dos 22 laboratórios confirmando a desistência dos reajustes.

A presidência do Conselho de Farmácia destacou ainda que as farmácias estão vendendo os medicamentos com os reajustes e, que a redução deve estar nas tabelas que serão distribuídas no final deste mês, com validade somente a partir do dia 01 agosto.

Copyright © 2000 BoaSaúde

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: