Publicidade

Notícias de saúde

Começa o Programa de Interiorização do Trabalho em Saúde

São Paulo, 21 de Junho de 2001 (eHealthLA). Prover os municípios carentes de assistência médico-sanitária e impulsionar a reorganização da atenção básica à saúde. Com este objetivo, o Ministério da Saúde investiu R$ 36,13 milhões e acaba de iniciar as atividades do Programa de Interiorização do Trabalho em Saúde (Pits), envolvendo cerca de 220 médicos e enfermeiros.

Eles foram selecionados para trabalhar nos estados de Minas Gerais, Pará, Bahia e Maranhão e começaram, nesta semana, o curso preparatório.

O Ministério da Saúde prevê que 1,63 milhão de pessoas será beneficiada, atingindo 16 estados. A intenção é levar 300 médicos e 300 enfermeiros para o interior do País, atendendo 142 municípios das regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste.

Neste primeiro momento, o Ministério da Saúde selecionou municípios com população de até 50 mil habitantes e alta taxa de mortalidade infantil: 50 mortes para cada mil bebês nascidos vivos. Além disso, o Ministério também utilizou por critério a escolha de regiões prioritárias para o controle da malária, tuberculose e hanseníase.

Segundo informações prestadas pela assessoria de imprensa do MS, os médicos receberão uma bolsa que varia de R$ 4 mil a R$ 4,5 mil, enquanto os enfermeiros ganharão de R$ 2,8 mil a R$ 3,1 mil.

“O valor da bolsa é determinado pela distância entre a capital do estado e o município onde trabalham”, explica o comunicado à imprensa distribuído na última terça-feira, dia 19 de junho, acrescentando que os profissionais também receberão seguro de vida e acidentes pessoais.

“Além disso, farão o curso de especialização em saúde da família, ministrado por instituições de ensino superior dos estados”, explica a assessoria de imprensa.

Ainda segundo a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde, no próximo dia 25, começa o treinamento dos profissionais que atuarão nos municípios localizados no Ceará, Mato Grosso, Piauí, Acre, Roraima, Pernambuco e Goiás e, no dia 2 de julho, terá início a capacitação dos demais profissionais, que trabalharão em municípios do Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Amapá, Amazonas e Paraíba. O atendimento aos municípios começará imediatamente após o término dos treinamentos.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: