Publicidade

Notícias de saúde

Brasil: A disfunção prisão de ventre deve ser tratada por especialista

São Paulo, 4 de Abril de 2001 (eHealthLA). A constipação intestinal, mais conhecida como prisão de ventre, caracteriza-se pela diminuição da freqüência de evacuações e, principalmente, pelas fezes endurecidas (de difícil eliminação) ou em pequenos volumes.

Normalmente, há mais de um desses fatores presentes. Demorar a procurar um médico e tratar a doença pode causar complicações, entre as quais, segundo estudos, o câncer dos intestinos.

Segundo o gastroenterologista Sender Miszputen, professor da Escola Paulista de Medicina, está relação ainda não está completamente esclarecida.

O especialista explica que produtos que fazem parte da rotina moderna, como os conservantes presentes nos enlatados e embutidos, contêm toxinas cancerígenas que são eliminadas com as fezes.

“Como a prisão de ventre tem como característica o trânsito lento dos excrementos pelo intestino grosso, tais substâncias ficam mais tempo em contato com as paredes do órgão.

O fato explicaria por que pessoas que ingerem mais vegetais verdes e fibras em geral têm menor incidência de câncer na região”, completa.

Não tratar a prisão de ventre pode ocasionar, entre outros problemas, fissuras anais e hemorróidas, devido ao esforço demasiado para evacuar. A constipação pode ocasionar também a diverticulite.

“Trata-se de uma inflamação nas cavidades em forma de bolsa que surgem nas paredes intestinais (divertículos), muitas vezes até em conseqüência do mau-funcionamento do aparelho”, diz o médico. Em casos mais agudos, a diverticulite exige intervenção cirúrgica.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: