Publicidade

Notícias de saúde

BRASIL: FUNASA Envia 3 milhões de Doses de Vacina Antimalárica para MG

São Paulo, 12 de março de 2001(eHealthLA). Até o final deste mês, a população de 98 municípios mineiros, que correm o risco de serem atingidos pela epidemia de febre amarela que ocorre na região centro-oeste do estado, deverá ser vacinada.

A imunização em massa foi determinada pelo Ministério da Saúde e pretende evitar a propagação da doença que já se aproxima da região metropolitana da capital. Na última quinta-feira, foi registrada a 13ª morte provocada pela doença desde 23 de janeiro.

A Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), enviou esta semana para Minas Gerais 3 milhões de doses de vacina contra a febre amarela silvestre para reforçar o estoque estratégico do estado e garantir a imunização da população.

A vacina é a única forma de prevenção contra a febre amarela silvestre, já que a doença não pode ser erradicada – a não ser que se destruam bosques, matas, florestas, cerrados e os animais que vivem nesses ambientes.

Até agora são 42 casos notificados, dos quais 13 foram confirmados, 08 descartados e 22 estão em investigação. Dos 13 óbitos registrados, 09 foram confirmados por febre amarela silvestre e 04 estão em investigação.

Além disso, a FUNASA deslocou de Brasília quatro técnicos para assessorar e acompanhar as ações de combate ao surto de febre amarela silvestre que atinge os municípios do Centro-Oeste mineiro (Bom Despacho, Martinho Campos, Leandro Ferreira, Conceição do Pará, Nova Serrana e Santo Antônio do Monte).

A coordenação-geral do Programa Nacional de Imunizações (CGPNI) da FUNASA está promovendo reuniões com representantes dos municípios da Regional de Saúde de Divinópolis (MG) para assessorar o estado e os municípios nas estratégias de combate à doença.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: